É verdade que usamos só 10% do cérebro?

Será que utlizamos só 10% do cérebro? Já ouviram certamente muitas pessoas a dizer que só utilizamos 10% do nosso cérebro e tanto a comunicação social como as redes sociais afirmam tal veredito. Mas, será que é verdade? Eu passo a explicar:

Um cérebro humano normal possui vários trilhiões de células. Entre essas células estão talvez 100 bilhões de neurónios, células que enviam mensagens umas às outras através de impulsos elétricos (dentro dos próprios neurónios) e substâncias químicas conhecidas como neuro-transmissores que formam as chamadas sinápses. Ainda existem neurónios que ficam em excesso chamados de neuróglias que nutrem e protegem os neurónios. Pelo menos 1 bilhão dessas neuróglias são astrocitos que têm formato de estrela e que parecem ser tão importantes quanto os neurónios na codificação e retenção de informações dos nossos cérebros.

Qualquer neurónio pode ter centenas ou mesmo milhares de ligações sinápticas com outros neurónios. E os astrocitos são quimicamente inter-ligados com os seus vizinhos e com os neurónios próximos. Posto isto, as nossas células cerebrais têm inúmeras funções e inter-ligações, umas com as outras. Advinha-se que que essas inter-ligações estão na casa dos quadrilhões ou até mesmo nos quintilhões.

Porém, não se surpreenda pelo facto de saber que o processo de aprendizagem ou do próprio pensamento é praticamente minúsculo nas nossas vidas comparado com o que acontece dentro dos nossos cerebros e da nossa mente. Mesmo uma única palavra é espalhado e distribuído nas várias partes do cérebro. Dado a mente do cérebro, inter-ligada, é inconcebívél que 90% do cérebro de qualquer pessoa, ou mesmo uma pequena fração esteja sem nunhuma função por realizar.